Pular para o conteúdo Pular para o rodapé

Todo mundo tem um fetiche, mesmo sem saber sequer que ele tem um nome. O fetiche é algo que pode apimentar a relação e elevar o prazer a outros patamares. Entre os mais conhecidos está a podolatria: o fetiche por pé

Para te ajudar a entender mais sobre ele, conversamos com o casal Kríssia e Fagner e eles não só explicaram direitinho o que ele, como comentaram sobre as curiosidades do fetiche por pé. “Pode ser só visualmente — gostar de ver os pés — ou só tato — gostar de pegar, cheirar, lamber. Tem também o fetiche de ver a pessoa usando meia após a academia, sentir aquele chulezinho…”, explica Fagner.

Curiosidades sobre o fetiche por pé

A podolatria engloba todo universo que for relacionado ao fetiche por pé. Como a adoração de pés, beijar os pés, massagear os pés, tocar o rosto com os pés e por assim vai. A parte mais curiosa desse fetiche é a masturbação com os pés. Sim, isso mesmo! É um dos itens mais difíceis desse fetiche, que requer um pouco de prática.

O que normalmente atrai uma pessoa que é adepta a podolatria é a beleza dos pés, a sua proporcionalidade e aquela boa sola (sem rachaduras, viu?). Sem contar tornozeleiras, anéis, cor de esmalte, entre outros. Tudo o que embelezar o pé pode entrar nesse fetiche também.

Também há a parte mais hardcore, como a massagem com os pés, o trampling (pular em cima da pessoa) e ballbusting (quando a pessoa quer que você a chute).

Vergonha em curtir pés? Aqui não!

A maioria das pessoas têm vergonha ao falar que possui algum fetiche, como a podolatria. Há o medo do julgamento por ter fetiche por pé e ser a pessoa esquisitona. Por isso algumas se sentem sozinhas por ter algum fetiche, se achando únicas no mundo.

Mas os famosos “packs do pezinho” estão aí para mostrar que esse fetiche por pé não é tão incomum. Pessoas que vendem fotos, vídeos e até realizam encomendas de conteúdos sobre esse fetiche estão espalhadas por toda a internet e podem ser uma forma de alimentar essa vontade.

E aí, esse fetiche faz a sua cabeça também?

Tudo sobre o Mundo Liberal

Sexlog © 2022. Todos os direitos reservados.