Pular para o conteúdo Pular para o rodapé

Sendo a maior rede social de sexo e swing do Brasil, o acervo de Contos Eróticos Sexlog não podia deixar de surpreender. Seu ingrediente especial? Histórias reais de sexo escritas pelos próprios usuários do site.

Ou seja, contos eróticos reais narrados por quem vivenciou aquele momento intenso e compartilhou com prazer para você ler e se divertir como quiser. 

Que tal escolher o seu? Boa leitura e não se esqueça de dividir também com outros leitores suas experiências mais excitantes clicando aqui.

Histórias eróticas ao longo da história

Se beijo na boca é coisa do passado, pornografia então nem se fala. Não é de hoje que as pessoas dão um jeito de criar e compartilhar histórias eróticas de um jeito bem explícito. 

Se atualmente bastam uns cliques para se chegar em uma infinidade de conteúdo pornô via internet, lá atrás, as pessoas já davam um jeito, e nós nem estamos falando das fitas pornô de décadas passadas.

Isto porque, quando se trata de atiçar o tesão e as fantasias de cada um, nada melhor que um conto erótico bem picante e para muitos, se for um conto real, melhor ainda.

Existem vários exemplos de literatura erótica ao longo da história. Entre autoras como Anaïs Nin, cujas obras são consideradas parte dos documentos de maior importância para a literatura, psicanálise e antropologia do século XX, e E. L. James, autora da famosa série “50 tons de cinza”. 

Mas talvez o conto erótico mais conhecido seja o “120 dias de Gomorra”, escrito pelo Marquês de Sade. Aliás, é do nome dele que surgiu o termo “sadismo”. Durante sua prisão na Bastilha, em 1785, o marquês de Sade escreveu o romance no qual quatro nobres  realizam diversas orgias em um castelo inacessível, com um harém de quarenta e seis pessoas de ambos os sexos. 

No livro, os nobres recrutam quatro cafetinas para contar a história de suas vidas e suas aventuras, mas, devido ao teor altamente explícito da obra, ela foi censurada por muito tempo e só foi traduzida para o inglês na segunda metade do século XX.

Histórias Eróticas: como estão hoje?

Claro, hoje em dia é difícil que alguém escreva uma história erótica  que se passe em um castelo, ainda mais se estivermos falando de um texto real.

É muito mais fácil escrever sobre uma ida ao swing, sobre transar com o melhor amigo do namorado ou em uma praça pública. Porém, se estivermos falando de fanfics, aí o potencial é infinito. 

Fanfics são histórias criadas por fãs inspiradas em personagens famosos. Vampiros e bruxinhos estão entre os personagens mais utilizados como base para essas novelinhas cheias de tesão.

Contos Eróticos Sexlog: Histórias reais

Muita gente gosta de compartilhar conteúdo amador ou feito em casa. Buscas sobre cuckold, mulheres casadas, travestis, traição e sexo em público são grande maioria em sites de vídeos e também muito populares entre contos eróticos. Num terreno em que os detalhes e a imaginação são fundamentais, estes ganham popularidade por permitir que o leitor complete a cena descrita com elementos que o agradam.

Quando se trata de um conto porno real, tudo isso ganha uma nova proporção. Por isso, os textos que narram histórias vividas por alguém levam o leitor a imaginar mais ainda a cena, projetando suas próprias sensações. Então, quanto maior a riqueza de detalhes, melhor.

Não fique passando vontade! O grande acervo de Contos Eróticos Sexlog e se inspire para viver novas aventuras. Tem para todos os gostos, garantimos!

Tudo sobre o Mundo Liberal

Sexlog © 2022. Todos os direitos reservados.