Pular para o conteúdo Pular para o rodapé

Ir à casa de swing e transar com a mulher de outro homem pode ser o fetiche de muitos solteiros, adeptos ou não da vida liberal. Porém, na primeira vez dos solteiros no swing, é preciso estar atento para não cometer gafes, não fazer feio e impressionar o casal. Para garantir que tudo sai perfeito para você, convidamos o Casal Pimenta, Fernando e Fátima, que estão no meio liberal há mais de 20 anos, para dar 15 dicas para solteiros arrasarem no sexo grupal.

Bora conferir? 

Se precisar de mais dicas sobre o tema: leia também nosso artigo sobre a “Primeira vez na casa de swing: o que esperar por Marina Rotty”.

15 dicas para solteiros no swing

1) Não vá com muita sede ao pote

Nem todos os casais curtem solteiros no swing. Quando você chegar, é importante se ambientar, analisar o clima da casa, sentir se algum dos casais está te sinalizando algo, dando sinal verde. Até isso acontecer, fique na sua.

Sendo a sua primeira vez, você pode até ficar em dúvida se vai reconhecer ou não o sinal do casal, mas não se preocupe, o sinal será bem claro.

2) Seja visto: aproveite área de dança/boate

Se a primeira dica para solteiros no swing não te convenceu, aqui vai um reforço dela: não chegue e vá direto para os ambientes íntimos.

Os casais geralmente gostam de paquerar, parte da experiência de swing está na conquista, no flerte. Você vai encontrar muitos casais dançando e dando abertura para outra pessoa. Então, seja notado para ser escolhido.

3) Espere o convite do casal

Nos ambientes coletivos, quando um casal se aproxima para talvez começar uma ação, o solteiro já fica com o pau na mão, pronto para pegar o casal. Calma!

Um casal pode flertar com vários solteiros e nem todos serão escolhidos. Sendo você um dos selecionados, é maior a garantia de sucesso na interação entre vocês.

4) Fale baixo e fale pouco

Não faça rodinha de solteiros, você não está no bar com seus amigos. Lembre-se que o ambiente de casa de swing pede muita discrição, é mais íntimo. Quando for se dirigir a algum casal, fale baixo, com tranquilidade.

5) Evite comentários. Discrição é fundamental

A privacidade e a discrição são dois elementos muito fortes em uma relação de sexo grupal. Não comente sobre casais com quem você já saiu. Não tente chamar muita atenção para si e seja sempre discreto. Os casais fogem de solteiros muito agitados, pois pode passar a impressão de estarem ansiosos e serem imprevisíveis. 

6) Dirija-se sempre para o marido

Casais liberais não são imunes ao ciúme e a regra de sempre se dirigir ao homem, mesmo que seja a mulher quem escolha o solteiro, ajuda a preservar a boa convivência. 

Nunca é uma boa ideia esperar o marido se afastar, ir ao banheiro para falar com a mulher. É um erro grave. Chegue, apresente-se, elogie a esposa e comece a conversar. Se eles curtirem, deixe rolar e divirta-se!

7) Em caso de negativa, não insista

Se o casal não curtir o solteiro, eles vão avisar. Não seja insistente, agradeça e parta para outra. Não é não em qualquer lugar!

8 ) Dê atenção aos dois, eles são um casal

Quando estiver conversando com o casal, dê atenção proporcional. Sendo assim, pergunte sobre os gostos e fetiches dos dois e evite exagerar na atenção à mulher. Isso pode causar desconforto e ciúmes. 

9) Todos os casais têm suas regras – aprenda quais são

Além da máxima: “tudo é permitido, nada é obrigatório”, as outras regras e acordos vão variar de acordo com cada casal. No primeiro momento da conversa, é bacana saber o que o casal gosta ou não. Pode parecer muito formal, mas é importante manter uma interação respeitosa antes de partir para o sexo grupal.

10) Quem comanda é o casal

Nas boates e casas de swing existem os ambientes coletivos e privativos, é o casal que escolhe onde vocês vão. E quem dita o que pode ou não ser feito, são eles. O solteiro faz parte da fantasia, ele está lá para somar.

As interações de sexo podem ser definidas poucos momentos antes. Em alguns casos, o marido gosta de fazer sexo com a esposa antes do solteiro e nesse caso ele inicia tudo. Do contrário, é esperado que a mulher, esposa, comece uma aproximação. Aguarde a sua vez, espere a sinalização deles

11) Beijos e carícias, só se tiver abertura

Alguns casais são bem objetivos quando vão à casa de swing: querem sexo, o romance, portanto, fica entre os dois. Sendo assim, tome cuidado para não se apegar demais aos beijos, falar demais ao pé do ouvido. Não tome esse tipo de iniciativa. 

12) O tabu do bi-masculino 

Mesmo dentro do meio liberal, o bi-masculino ainda é um tabu, especialmente nos ambientes coletivos. Acontece de solteiros procurarem casais, investirem na mulher e na hora do sexo grupal, sem nada combinado, mostrar mais ação com o homem. Voltamos a regra básica, converse sobre as preferências do casal, os fetiches e seja honesto quanto aos seus desejos também.

13) Você não é a última bolacha do pacotinho

Uma mulher que está em uma casa de swing com o seu marido e vai fazer sexo com outro não está buscando substituir o marido. Você não é melhor que o marido dela. Você faz parte de um fetiche ali na hora. Não existe espaço para competição.

14) Camisinha sempre!

Esse item é inegociável. Seja esperto, leve camisinha da sua casa, não deixe para comprar ou encontrar uma ali na casa de swing. Melhor prevenir do que não transar. 

15) Não comente sobre outros encontros

Caso você seja um dos solteiros no swing que já teve uma experiência anterior com algum casal, seja positiva ou negativa, não faça comentários. Se a relação não rolou de forma prazerosa, pode ser uma experiência individual. Existe a química que às vezes não rola com um, mas rola com outro. 

Tudo sobre o Mundo Liberal

Sexlog © 2022. Todos os direitos reservados.